Vila Nova de Famalicão | Espaço Empresa é aposta do Município, IAPMEI, AICEP, ACI e AMA

Vila Nova de Famalicão | Espaço Empresa é aposta do Município, IAPMEI, AICEP, ACI e AMA

Pub

 

 

 

O município de Vila Nova de Famalicão vai ter um dos oito “Espaços Empresa” a instalar no Norte do País. Para o efeito, foi assinado um protocolo entre a Câmara Municipal, o IAPMEI, a AICEP – Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal, a ACI – Agência para a Competitividade e Inovação, e a AMA – Agência para a Modernização Administrativa.

 

 

Esta nova estrutura  posiciona-se como uma espécie de loja do cidadão, concentrando todo o tipo de serviços de atendimento destinados às empresas. Em Vila Nova de Famalicão irá funcionar no Espaço “Famalicão Made In”, no atual Gabinete de Apoio ao Empreendedor.

Para o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, “a criação deste novo espaço no concelho representa, acima de tudo, o reconhecimento nacional pelo excelente trabalho desenvolvido pelos empresários de Famalicão e pelo profícuo trabalho do Famalicão Made In no apoio ao tecido empresarial.”

“A partir desse momento, estas três entidades – IAPMEI, AMA e AICEP –” passam a estar representadas em Famalicão, isto é, na prática, refere o presidente da autarquia, “é como se estivessem sedeadas em Famalicão, o que é uma excelente notícia para Famalicão.”

Paulo Cunha acrescenta ainda que este “é também um sinal de credibilidade do Governo no Made In, um projeto bem sucedido que resulta de um trabalho de parceria entre o município e os empresários e que tem contribuído para o ambiente favorável que existe na economia famalicense.”

No que diz respeito ao Espaço Empresa, Paulo Cunha sublinha que o que se pretende é “encurtar distâncias, possibilitando um maior acesso à informação, um maior acompanhamento às empresas. No fundo, o que pretendemos é proporcionar às empresas um ponto único de acesso, onde possam resolver os seus problemas, sejam questões relacionadas com o licenciamento, o investimento, mas também terem acesso à informação sobre os incentivos que existem, complementando a informação já disponibilizada quer ao nível dos incentivos a nível municipal quer de fundos comunitários ou das linhas de crédito que existem”, refere o autarca.

Para além disso, o Espaço Empresa trará benefícios “ao nível da desburocratização e poupança de tempo útil às empresas sedeadas município, constituindo também uma forma de potenciar o desenvolvimento económico e social do concelho”, aludiu ainda.

Ao todo serão prestados mais de meia centena de serviços diretos às empresas, para além de informações e esclarecimentos em diversas áreas.

O protocolo de cooperação para a criação do Espaço Empresa será celebrado no próximo dia 9 de abril.

.

 

Pub

Categorias: Economia

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.