24/12 | Um brinde à amizade antes da Ceia de Natal – Crucis Gole

24/12 | Um brinde à amizade antes da Ceia de Natal – Crucis Gole

Pub

«And so I’m offering this simple phrase», embala-nos Nat King Cole, com o charme inconfundível dos Natais de cenário, as ruas iluminadas, o cheiro a canela sobre toalhas vermelhas. É um dos muitos temas de Natal que, de certeza, farão parte da música de fundo daquela que já é a oitava edição de um momento surgido em Nine, de forma muito espontânea, por um grupo de amigos. E, de ano para ano, tem vindo a trazer ao Largo de Santo António, junto à capela, cada vez mais pessoas. Esse momento tem um nome: CRUCIS GOLE. As pessoas aparecem, simplesmente, com a boa disposição de quem sabe que irá encontrar rostos conhecidos, trazendo vinho do Porto e figos secos a acompanhar.

O Crucis Gole nasceu à revelia do esquecimento, no final da tarde de 24 de dezembro do ano 2010, com cerca de quinze amigos à volta do Cruzeiro de Santo António, partilhando a felicidade descomprometida de estarem, simplesmente, na companhia uns dos outros. Mesmo o nome do evento não designa nenhuma verdade oculta, como se a decifração estivesse apenas reservada a meia dúzia de cúmplices; o nome, na verdade, aconteceu por acaso, numa brincadeira entre palavras, tentando cruzar a geografia do espaço com o gesto muito específico de beber um gole de vinho. E a verdade é que, numa hora de convívio antes da ceia de Natal, já se têm reunido cem, cento e cinquenta pessoas, tendo até sido elaboradas camisolas alusivas ao evento, aquando da segunda edição do Crucis.

Na página de Facebook que dinamiza estes encontros, partilhando as fotografias de cada edição, o espírito deste evento expressa-se assim, a título de convite aberto a toda a gente: «Queremos que a ternura se grave, se repita, se celebre, e que a memória se inscreva numa hora e tal de convívio, de copo na mão, ombro a ombro, entre gargalhadas, figos secos e os pequenos acasos que fazem sentido só por serem acasos e, como tal, imprevisíveis e genuínos. Dia 24 de dezembro, junte-se a nós e faça parte desta história, ano a ano renovada. Porque o Natal faz-se em comunidade, no coração da aldeia. E feliz Natal.»

«Agasalha-te. Ainda não neva, mas dezembro ensinou-te a ler no frio uma estranha forma de audácia. Vai ao armário da sala, onde acumulas garrafas de vários feitios e aromas. Traz uma de vinho do porto – já sabes porquê, para onde vais, com quem vais estar. Há, pelo menos, uma promessa de presença: certos rostos familiares que estimas adivinhar, num secreto e comovido prazer, enquanto agarras nas luvas, no gorro ou no cachecol. (“Parece que foi ontem o primeiro!”, dizes para ti, orgulhoso.) É o Crucis Gole: um momento de partilha entre amigos, antes da ceia de Natal, no cruzeiro de Santo António, em Nine. Dia 24 de dezembro, a partir das 18 horas. O resto, já se sabe, é deixar acontecer. E feliz Natal!»

.

Imagens: Diogo Martins (autor e/ou arquivo pessoal).

Pub

Categorias: Agenda

About Author

Diogo Martins

Diogo Martins nasceu em 1986 e é natural de Nine, do concelho de Vila Nova de Famalicão. Doutorado em Teoria da Literatura pela Universidade do Minho, iniciou em 2017 um projeto de pós-doutoramento intitulado "Ousar corromper: (o)caso retratístico em Rui Nunes". Interessa-se por poesia, literatura, cinema e fotografia, e mais ainda pelas relações entre estas e outras artes.

Write a Comment

Only registered users can comment.