Por um mundo mais verde, ‘25000 árvores para 2025’

‘Adote uma árvore, adote uma vida’ em Famalicão

‘Adote uma árvore, adote uma vida’ em Famalicão

Pub

 

 

Deseja um mundo mais verde: mais respirável, mais saudável, mais sustentável?

Nesse caso, aproveite a campanha que o Município de Famalicão lançou na primavera passada, faz amanhã precisamente 7 meses, e adote uma árvore, adote uma vida. Apareça amanhã na Praça Cupertino de Miranda, das 9h00 às 13h00, e levante a árvore ou arbusto do seu gosto.

No âmbito do Projeto “25000 árvores para 2025”, e depois de já o ter feito em 25 de março passado, a Câmara Municipal volta a disponibilizar árvores e arbustos autóctones para que os munícipes as possam “adotar, criar e mimar” onde muito bem entenderem.

As espécies disponibilizadas são o alecrim, o azereiro, o azevinho, o carvalho português, a cerejeira brava, o loureiro, o medronheiro, o pilriteiro, o rosmaninho, o sobreiro e a urze. Em março passado, de acordo com a autarquia, foram “mais de 1000 os que se dirigiram à Praça Cupertino de Miranda para levantar, de forma gratuita, árvores e arbustos autóctones”. Na altura, as espécies de pequeno porte foram as mais procuradas pelos famalicenses.

Na esfera da campanha “25000 para 2015” , os alunos da Turma 5º 7 da EB2,3 Júlio Brandão tiveram também ontem uma aula de Ciências Naturais diferente. Em vez de estudarem utilizando os manuais, os cadernos diários e os lápis ou esferográficas tradicionais, os alunos meteram mãos à obra e fizeram as primeiras sementeiras do novo berçário de árvores autóctones da escola sob o olhar atento de paulo Cunha, o Presidente da Câmara Municipal em exercício.  Neste espaço, irão nascer e desenvolver-se exclusivamente árvores e arbustos nativos da região que mais tarde irão ajudar a reflorestar o território concelhio, quiçá através do protocolo que a autarquia estabeleceu com o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas e que visa apoiar os silvicultores locais que pretendam reflorestar com espécies indígenas os seus terrenos.

Segundo o município, “de acordo com o protocolo, o proprietário assume os trabalhos de preparação dos terrenos para a plantação das árvores, ficando impedido de as abater por um período mínimo de 15 anos. Em troca, a autarquia compromete-se a financiar o projeto de arborização do terreno que deverá ser submetido ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas e a custear e a ceder as árvores a plantar, ajustando com os proprietários as condições de plantação, respeitando os usos de propriedade.”

O projeto ambiental “25 mil árvores para 2025” já terá permitido plantar aproximadamente 2 mil árvores até ao momento. No âmbito deste projeto, “cujo grande objetivo passa pela reabilitação de aproximadamente 25 hectares do território concelhio através da plantação de 25 mil árvores e arbustos nativos da região em áreas urbanas, espaços rurais, ao longo das linhas de água e em montes e serras, a autarquia inaugurou em novembro de 2016 o primeiro berçário municipal de árvores, no respetivo horto, onde foram efetuadas quase 70000 mil sementeiras.”

 1ªPágina. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.

Imagem: M VNF

**

*
VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

A Vila Nova é cidadania e serviço público. Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será. No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial) ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL
MBWay: 919983484

*

Obs: envie-nos os seus dados e na volta do correio receberá o respetivo recibo para efeitos fiscais ou outros. Obrigado pelo seu apoio e colaboração.

*

Pub

About Author

Pedro Costa

Diretor e editor.

Write a Comment

Only registered users can comment.