24/11 ‘Um livro, um filme’ leva documentário sobre vida selvagem ao Centro de Estudos Camilianos

Eduardo Rêgo apresenta ‘Home: O mundo é a nossa casa’ em Famalicão

Eduardo Rêgo apresenta ‘Home: O mundo é a nossa casa’ em Famalicão

Pub

 

 

Eduardo Rêgo, o locutor do programa “Vida Selvagem”, transmitido na SIC, regressa dentro de dias a Famalicão. O famalicense, originário do Louro, companhia das manhãs de domingo de muitos portugueses, estará esta sexta-feira, dia 24, pelas 21h30, no Centro de Estudos Camilianos, em Seide S. Miguel, para comentar o documentário de Yann Arthus-Bertrand intitulado Home: o mundo é a nossa casa, ao qual deu voz.

O conhecido locutor é o convidado da sessão deste mês de Um Livro, Um Filme, iniciativa promovida mensalmente pelo Centro de Estudos Camilianos desde 2006. Todos os meses, uma figura mediática do mundo da cultura ou das artes é convidada para escolher e apresentar um filme, preferencialmente baseado numa obra literária.

Considerado como o dono de uma das melhores vozes da comunicação social portuguesa, três décadas após o início da sua carreira enquanto locutor televisivo de documentários sobre a natureza e a vida selvagem, Eduardo Rêgo continua, ano após ano, a emocionar o público com um timbre de voz claro e único, extremamente adequado ao tipo de programas televisivos que apresenta.

Há alguns anos atrás, numa entrevista ao Diário de Notícias, Eduardo Rêgo referia sobre o seu trabalho: “Há toda uma preparação, uma linguagem própria, oralizada, própria de televisão. É isso que faz a diferença. Quando traduzo um texto à letra fica seco. Se o traduzo a pensar em ouvintes, dou-lhe o ritmo próprio da nossa linguagem. As palavras levam energia, uma carga própria, propriedade.”

Em busca do equilíbrio no consumo de recursos

Home: O mundo é a nossa casa é um documentário de 2008, cujo autor nos apresenta as maravilhas naturais do planeta e alguns dos seus povos mais remotos e com estilos de vida que se mantêm idênticos desde há centenas ou milénios de anos atrás, mas nos alerta, em simultâneo, para a necessidade de rumar a um equilíbrio no consumo de recursos, como a energia e a água,  sob pena  de o planeta entrar em rotura, desse modo colocando em risco a própria humanidade.

Como sempre nestas sessões, a entrada é gratuita.

1ª Página. Clique aqui e veja tudo o que temos para lhe oferecer.

Artesanato | Geração Côta no Museu de Olaria de Barcelos

**

VILA NOVA: contamos consigo

Se chegou até aqui é porque considera válido o trabalho realizado.

Apoie a VILA NOVA. Efetue um contributo sob a forma de donativo através de netbanking, multibanco ou mbway.

NiB: 0065 0922 00017890002 91
IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91
BIC/SWIFT: BESZ PT PL
MBWay: 919983484

Envie-nos os seus dados fiscais. Na volta do correio, receberá o respetivo recibo.

Gratos pelo seu apoio e colaboração.

*

Pub

About Author

Pedro Costa

Diretor e editor.

Write a Comment

Only registered users can comment.