Flora do Parque da Devesa | Cotoneaster horizontalis Decne e Cotoneaster lacteus Medik – Plantas tão parecidas que até se confundem

Flora do Parque da Devesa | Cotoneaster horizontalis Decne e Cotoneaster lacteus Medik – Plantas tão parecidas que até se confundem

Há dias, no Parque da Devesa, reparei nuns pequenos arbustos rasteiros a embelezarem as bordaduras de alguns caminhos. O seu nome científico é Cotoneaster horizontalis Decne.*, vulgarmente conhecido por  Cotoneaster-das-pedras. Ao lado destes, de porte mais elevado, havia outros que pertencem à mesma família, mas que foram batizados com outro nome: Cotoneaster lacteus Medik.*  Foi devido à sua floração, aos grandes corimbos de flores brancas, que o epíteto lacteus lhe foi atribuído. Ambos pertencem à família Rosaceae e são originários da China.

Cotoneaster lacteus à esquerda e Cotoneaster horizontalis à direita (repare-se na diferença das folhas). Imagem: J. A. Salgado (fotografia).

No outono parecem competir para ver qual destes dois arbustos apresenta as bagas mais bonitas. Esforço inútil porque a maioria das pessoas passa por eles sem notar qualquer diferença. As bagas parecem idênticas e só colocando-as lado-a-lado (ver imagem em destaque) se pode notar uma pequena diferença, e se não repararem nas folhas, podem muito bem passar por serem da mesma espécie.

Cotoneaster horizontalis no Parque da Devesa. Imagem: J. A. Salgado (fotografia).

 

Vale a pena, quando voltar a passar pelo parque, perder uns minutos a observar estes dois arbustos que na primavera, com as suas belas flores brancas, perfumadas e melíferas, fazem a delícia das abelhas, e no outono, a grande quantidade de racimos de bagas bem vermelhas, conferem à paisagem uma nota alegre e colorida.

Cotoneaster lateus – pormenor flores em botão e fruto. Imagem: J. A. Salgado (fotografia).

 

O Cotoneaster lacteus é um arbusto de médio porte que não tem espinhos e a suas folhas são elíticas ou ovais e podem variar entre 4 e 6 cm. São carnudas e verde-escuras, sendo que a página inferior é mais clara.

Cotoneaster lacteus – pormenor das folhas. Imagem: J. A. Salgado (fotografia).

 

Uma caraterística importante que ajuda na sua identificação são as manchas cor de vinho que vemos nalgumas delas.

Atenção! Certa literatura refere que as bagas da Pyracantha (planta da mesma família que pode ser confundida com muitas espécies de Cotoneaster) são comestíveis e que podem ser utilizadas para produzirem vinho e geleias. Por isso, muita atenção: Não confundam a planta Pyracantha com a Cotoneaster, cujas bagas são tóxicas para os humanos.

.

*Joseph Decaisne (7 de março de 1807 – 8 de janeiro de 1882) agrónomo e botânico francês.

*Friedrich Kasimir Medikus (ou Friedrich Casimir Medicus , 6 de janeiro de 1738 – 8 de julho de 1808), médico e botânico alemão.

 

Imagem de destaque: Cotoneaster horizontalis Decne e Cotoneaster lacteus Medik no Parque da Devesa. Imagem: J. A. Salgado (fotografia).

.

 

Pub

Categorias: Ciência

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.