8/11 a 4/3/2018 | Boa viagem, Senhor Presidente! De Lisboa até à Guerra – 100 anos da primeira visita de Estado

8/11 a 4/3/2018 | Boa viagem, Senhor Presidente! De Lisboa até à Guerra – 100 anos da primeira visita de Estado

Em outubro de 1917, pela primeira vez na história portuguesa, um chefe de Estado Presidente da República, no caso concreto Bernardino Machado, efetuou aquela que foi a primeira viagem de Estado ao estrangeiro. Vivia-se a Grande Guerra de 1914-1918 e Portugal, ao tempo a viver a infância da sua República, tinha necessidade de se afirmar na arena política internacional de então.

Portugal vivia então a Guerra intensamente. Aliás, nas suas ex-colónias, já desde 1914. No entanto, só entrou oficialmente nesse estado quando a Alemanha a declarou ao país, em 1916, após o apresamento dos seus navios estacionados nos portos portugueses. Assinale-se ainda que a entrada na Grande Guerra se deveu, em grande parte, ao desejo do Partido Democrático, de Afonso Costa, de unir o povo à sua volta num desígnio único, dados os grandes problemas que se viviam internamente.

Passados 100 anos, a viagem é agora recordada numa exposição promovida pelo Museu da Presidência da República com a colaboração do Museu Bernardino Machado, de Vila Nova de Famalicão. A mostra será inaugurada no próximo dia 7 de novembro, no Palácio da Cidadela de Cascais, com as presenças do Presidente da República Portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa, e do Presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha.

A mostra ficará patente ao público entre 8 de novembro e 4 de março.

Intitulada “Boa Viagem, Senhor Presidente! De Lisboa até à Guerra”, a exposição conta com mais de meia centena de objetos, documentos e fotografias cedidas pelo Museu Bernardino Machado. Entre os objetos de uso pessoal merecem destaque a cartola e a bengala de Bernardino Machado. As fotografias, mais de vinte, retratam diversos episódios da viagem que durou 18 dias.

Bernardino Machado partiu de Lisboa, da Estação do Rossio. Nessa viagem foi recebido por diversos chefes de Estado de então: o Rei Afonso XIII, de Espanha, o Presidente Raymond Poincaré, de França, o Rei Jorge V de Inglaterra, o Rei Alberto I, da Bélgica, e visitou os militares do Corpo Expedicionário Português mobilizados na Primeira Guerra Mundial que acabariam por sofrer uma humilhante derrota naquela que ficou conhecida por Batalha de La Lys. Os nomes dos soldados famalicenses falecidos nessa guerra encontram-se inscritos no Monumentos aos Mortos da Grande Guerra, sito na Praça 9 de Abril.

Visita de Estado de Bernardino Machado. Imagem: autor desconhecido (fotografia; 1917); arquivo do Museu Bernardino Machado / Câmara Municipal de vila Nova de Famalicão.

Nascido no Brasil, mas famalicense por adoção, Bernardino Machado foi presidente da República Portuguesa por duas vezes, tendo sido uma das mais proeminentes figuras da I República.

O Museu Bernardino Machado, que completou recentemente 15 anos, encontra-se instalado no Palacete Barão da Trovisqueira, um majestoso edifício do século XIX, localizado na Rua Adriano Pinto Basto no centro da cidade de Vila Nova de Famalicão. Para além da divulgação e valorização da figura de Bernardino Machado, o Museu tem vindo a destacar-se na organização de diversos eventos e na produção de documentos que têm sido essenciais aos investigadores e historiadores.

Ainda neste mês de novembro, o Museu Bernardino Machado promove os habituais “Encontros de Outono”. Neste ano de 2017 serão dedicados ao estudo dos “Partidos e Movimentos Políticos (1910-1974).”

 

Imagem de destaque: Partida de Bernardino Machado para a primeira viagem de Estado de um Presidente da República português ao estrangeiro. (Imagem: Autor desconhecido (fotografia; 1917); arquivo do Museu da Presidência.)

 

Para saber mais, consulte:

Pub

Categorias: Agenda

Acerca do(a) Autor(a) do artigo

Pedro Costa

Diretor e editor.

Escreva um comentário

Apenas utilizadores registados podem comentar.