Vila Nova de Famalicão homenageia com um colóquio um dos seus brilhantes pensadores de outros tempos

Homenagem | ‘Memória e Pensamento – Manuel da Silva Mendes, 150 anos do seu nascimento’ relança estudo da obra do pensador famalicense

Homenagem | ‘Memória e Pensamento – Manuel da Silva Mendes, 150 anos do seu nascimento’ relança estudo da obra do pensador famalicense

Pub

 

 

Silva Mendes foi um filósofo, político e pedagogo português, nascido em S. Miguel das Aves, freguesia que em tempos idos era parte integrante do Concelho de Vila Nova de Famalicão.

Manuel da Silva Mendes, nasceu em 1867 e viveu grande parte da sua vida em Macau, assinalando-se agora o 150º aniversário do seu nascimento.

Manuel Silva Mendes, libertário e anarquista

No plano filosófico, em finais do Século XIX, é um dos divulgadores das ideias do socialismo libertário ou anarquismo nos finais do século XIX, tendo originalmente publicado a obra Socialismo Libertário ou Anarquismo: história e doutrina, em 1896, na extinta Tipografia Minerva.

Colóquio relança estudo da obra

A Associação dos Amigos do Livro de Macau vai realizar, no próximo dia 23 de Outubro, em S. Miguel de Seide, no Centro de Estudos Camilianos, o Colóquio “Macau: Memória e Pensamento. Manuel da Silva Mendes – 150 anos do seu nascimento”.

Com o patrocínio da Câmara Municipal de V. N. de Famalicão e a Fundação Jorge Álvares, para além do Colóquio, será apresentado no final do mesmo o primeiro volume da coletânea de textos de Manuel da Silva Mendes (S. Miguel das Aves, V. N. de Famalicão, 23/10/1867 – Macau, 30/12/1931), reunindo os escritos sobre Arte, Filosofia, Religião, Cultura e Tradições Chinesas. A obra, com cerca de 600 páginas, inclui ensaios de Amadeu Gonçalves, António Aresta e Tiago Quadros. Será ainda realizada no átrio do Centro de Estudos Camilianos uma exposição bibliográfica de Silva Mendes.

Imagens: Município de Famalicão

**

*

VILA NOVA, o seu diário digital

Se chegou até aqui é porque provavelmente aprecia o trabalho que estamos a desenvolver.

Vila Nova é cidadania e serviço público.

Diário digital generalista de âmbito regional, a Vila Nova é gratuita para os leitores e sempre será.

No entanto, a Vila Nova tem custos, entre os quais a manutenção e renovação de equipamento, despesas de representação, transportes e telecomunicações, alojamento de páginas na rede, taxas específicas da atividade.

Para lá disso, a Vila Nova pretende produzir e distribuir cada vez mais e melhor informação, com independência e com a diversidade de opiniões própria de uma sociedade aberta.

Como contribuir e apoiar a VILA NOVA?

Se considera válido o trabalho realizado, não deixe de efetuar o seu simbólico contributo sob a forma de donativo através de netbanking ou multibanco (preferencial), mbway ou paypal.

NiB: 0065 0922 00017890002 91

IBAN: PT 50 0065 0922 00017890002 91

BIC/SWIFT: BESZ PT PL

MBWay: 919983484

Paypal: pedrocosta@vilanovaonline.pt

*

Obs: envie-nos o comprovativo da transferência e o seu número de contribuinte caso pretenda receber o comprovativo de pagamento, para efeitos fiscais ou outros.

*

Gratos pela sua colaboração.

*

Pub

Categorias: Agenda, Cultura

About Author

Pedro Costa

Diretor e editor.

Write a Comment

Only registered users can comment.